tratamento hemorragia vitrea curitiba

Tratamento de Hemorragia Vitrea com Cirurgia de Vitrectomia em Curitiba

O que é a Hemorragia Vítrea?

É o sangramento na parte de dentro e de fora do olho. A hemorragia vítrea tem como causas mais comuns: trauma ocular, retinopatia diabética, descolamento do vítreo, rotura e/ou descolamento de retina e doenças vasculares da retina que geram crescimento de vasos sanguíneos anormais (neovascularização) dentro do olho.

Como diagnosticar a Hemorragia Vítrea?

O diagnóstico da hemorragia vítrea é feito pelo mapeamento de retina para localizá-la e sua possível causa, possibilitando assim o planejamento do tratamento. Na maioria dos casos, emprega-se o ultrassom ocular para ajudar na avaliação do quadro clínico.

Os principais sintomas de hemorragia vítrea são:

  • Perda visão de forma indolor, súbita ou progressiva;
  • Manchas ou sombras, no campo de visão, geralmente móveis.

Qual o tratamento da Hemorragia Vítrea em Curitiba?

O tratamento da hemorragia vítrea dependerá da causa, gravidade e duração da Hemorragia, podendo alternar entre observação e cirurgia para situações em que a hemorragia seja muito densa ou antiga. A cirurgia nesse caso é a vitrectomia.

A cirurgia é feita com um pequeno instrumento cirúrgico (vitrectomo) que é utilizado para remover o vítreo.

A solução salina (BSS) substitui o gel vítreo. Por causa deste ser constituído por 99% de água o paciente não vai apresentar nenhuma alteração na visão com a substituição do vítreo pela solução salina.

Na cirurgia para tratar a hemorragia vítrea, pode-se utilizar anestesia local ou geral. Na maioria dos casos, a cirurgia da vitrectomia é realizada sob anestesia local.

Orientações

  • Repousar na primeira semana é essencial;
  • Evitar viagem de avião na primeira semana, caso seja colocado gás;
  • A posição da cabeça deve ficar conforme orientação;
  • Após 6 meses, o silicone em geral é retirado.

Recuperação

Nesse tratamento para a hemorragia vítrea, a recuperação pode levar várias semanas. Os colírios (gotas), antibióticos e anti-inflamatórios são utilizados durante todo o processo de recuperação (que dura em média 2 semanas).

Pode-se usarno interior do olhouma bolha de gás, em casos mais graves, para manter a retina “colada”.Quando ela é utilizada, às vezes a cabeça deve ser posicionada numa posição certa, como deixando a face para baixo ou dormindo de lado (tanto esquerdo como direito).

O médico especialista em cirurgia de vitrectomia deve dar instruções específicas. Essa bolha de gás dissolve com o passar do tempo, geralmente, entre 4 e 10 semanas.

Médico especialista em Cirurgia de Retina em Curitiba

congresso sobre cirurgia de retina

Se você precisa de mais informações, entre em contato agora mesmo com a equipe do Dr. Alexandre Grandinetti.

Dr. Alexandre é retinólogo especialista com atuação em Curitiba. 

Clique no botão do Whatsapp abaixo e agende sua consulta

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *