cirurgia de catarata em curitiba

Tratamento de catarata congênita e durante a infância em Curitiba

Qualquer opacificação do cristalino é chamada de catarata. O cristalino pode ser definido como uma lente natural do olho, podendo facilmente ser percebido um prejuízo visual que a catarata pode ocasionar.

A catarata é uma alteração típica na idade mais avançada, e ocorre de forma natural pelo da exposição da luz prolongada. Porém, pode surgir em qualquer idade.

A catarata pode se apresentar em crianças ao nascer, que é chamada de catarata congênita, ou até mesmo desenvolver durante a infância (catarata infantil ou juvenil). Nessas situações, é comum que estejam associadas a outras doenças.

A avaliação e o tratamento da catarata infantil e adulta são completamente diferentes. A forma mais grave da catarata é a infantil, porque ela tem um potencial para impedir o desenvolvimento normal da visão.

A catarata congênita pode provar uma obstrução do eixo visual, e isso implica sempre em uma intervenção rápida, preferencialmente entre o primeiro e o segundo mês de vida. É neste período que o córtex cerebral desenvolve toda a sua funcionalidade. Se a imagem que chega para a criança nos primeiros meses de vida for de baixa qualidade, a visão cerebral vai ficar prejudicada de forma grave e pode ser irreversível.

A catarata congênita é muito frequente? É uma causa importante de cegueira?

A catarata congênita tem uma incidência de 1,2 a 5 pessoas em 10.000, e é responsável por 5 a 20% dos casos de cegueira em todo o mundo, e por os 10% de todos os casos de cegueira de crianças. Em cerca de 64% dos casos, essa catarata está presente nos dois olhos.

Não é possível saber a causa após a investigação clínica rigorosa em quase dois terços dos casos (cerca de 63%) de catarata congênita.

Existe uma causa genética em 29% dos casos, e podem ser hereditárias ou estarem associadas a síndromes e/ou anomalias cromossômicas. As infecções intra-uterinas, de forma especial a rubéola, podem também ocasionar a catarata congênita.

Essa doença pode ainda se associar a outras anomalias oculares, como por exemplo, a aniridia, a persistência da vascularização fetal e os colobomas.

As principais causas da catarata na infância são:

  • Metabólicas: galactosemia, deficiência de Galactokinase, Hipocalcemia, Hiplogicemia, Manosidose e Hiperferritenemia;
  • Anomalias Sistêmicas: Trissomia 21, Síndrome de Turner, Trissomia 13, Trissomia 18 e Síndrome “Cri du chat”;
  • Síndromes dismórficos: síndrome de NanceHoran, Síndrome de Hallermann-Strieff, Síndrome de Lowe, Síndrome de Conradi (condrodisplasiarizomélica), Doenças do peroxissoma, Síndrome Martsolf e Síndrome COFS;
  • Infecções Intra-Uterinas: Toxoplasmose, CMV, Herpes, Sífilis e rebéola.

A catarata pode ser detectada através do reflexo vermelho dos olhos. Por causa de uma alteração do aspecto róseo e uniforme do reflexo, a criança deve ser levada com urgência em Curitiba.

Essa alteração do reflexo vermelho vai depender da morfologia da catarata, que tem um largo espectro de apresentação. Essa alteração vai desde uma pequena opacidade da cápsula anterior ( uma pequena mancha do reflexo) até ficar totalmente opaco ( a ausência do reflexo ou leucocória se a opacidade ficar com um aspecto branco). Quanto mais posterior e/ou maior for a opacificação do cristalino, maior vai ser a repercussão funcional e mais urgente deve ser a intervenção do especialista em catarata em Curitiba.

TRATAMENTO DA CATARATA EM CURITIBA

O tratamento da catarata vai depender da repercussão funcional da catarata. Caso haja uma diminuição importante da acuidade visual por obstrução importante do eixo visual, o tratamento deve ser cirúrgico, e deve ser feito mais precocemente possível, antes que seja instalado o nistagmo e o estrabismo.

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *