membrana epirretiniana tratamento em curitiba

O que é Membrana Epirretiniana? Confira as causas, sintomas e tratamento em Curitiba

A membrana epirretiniana é uma camada fina de células que se formam e se estabelecem na região central da retina.

Devido ao envelhecimento, ocorre uma alteração da estrutura vítreo-retiniana em nosso olho. Desta forma, a membrana epirretiniana pode ser formada.

Pós um período de crescimento da membrana epirretiniana, um enrugamento é causado na retina, o que altera a visão.

A idade do paciente pode ser um fator que corrobore para a doença. É mais comum em pacientes acima dos 50 anos.

Como saber se tenho Membrana Epirretiniana?

É preciso uma consulta com um especialista confiável, a fim de se obter o diagnóstico. Exames detalhados da estrutura da retina e da mácula são requeridos. Eles servem para identificar se há alguma alteração na visão e porque ela é causada.

Sintomas causados pela Membrana Epirretiniana:

Os sintomas podem ser prejudiciais e muitas vezes debilitam o paciente, se não tratado. Dentre eles, são:

  • Distorções da imagem
  • Dificuldade para enxergar cores ou formas
  • Falta de nitidez
  • Enxergar “dobrado” a imagem (diplopia)
  • Visão de pequenos riscos na imagem (fotopsia).

Quais são as causas?

O deslocamento do vítreo (membrana gelatinosa do olho), ocasionado pela idade ou outros fatores, pode liberar células que se espalham sobre a retina e posteriormente se enrugam, causando assim os sintomas citados anteriormente.

Como realizar o tratamento?

Para tratar da membrana epirretiniana, é necessário um procedimento cirúrgico chamado vitrectomia. Os detalhes sobre como será a cirurgia variam muito de acordo com a duração e os sintomas e o estágio da doença.

Tratamento de Membrana Epirretiniana em Curitiba

Para maiores informações sobre o tratamento de membrana epirretiniana na cidade de Curitiba, entre em contato com Dr. Alexandre Grandinetti via Whatsapp, clicando no botão abaixo.

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *